Voltar

LEMBRANÇAS DE SÃO PAULO
A Capital Paulista
Carlos Cornejo e João Emílio Gerodetti


Originada numa trilha que comunicava o Largo da Sé ao do Rosário, a antiga Rua do Rosário, e depois da Imperatriz, em homenagem à família imperial que visitou São Paulo em fevereiro de 1846, passou a chamar-se 15 de Novembro, em 1889, com o advento da República.  Rua nobre e cosmopolita, de refinada  vizinhança, lojas aristocráticas,  estabelecimentos comerciais  e  bancários florescentes, lá se encontravam  os  bancos  Comércio  e  Indústria,  London  Bank,  Banco  Alemão e Credit Foncier.   Era,  no  começo  do  século,  a  rua  mais  chique  da  cidade.