VOLTAR

MINERAIS E PEDRAS PRECIOSAS DO BRASIL
CARLOS CORNEJO

CRISOBERILO

Cristal geminado de crisoberilo (30 x 50 mm), Santa Tereza, Espírito Santo. Exemplar da Coleção Luiz Paixão, pertencente ao acervo do Museu de Geociências do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo. Fotografia de Marcelo Lerner. O crisoberilo é um óxido de alumínio e berílio que ocorre em cristais tabulares ou prismáticos, sendo frequentes a macla de hábito sextavado e a geminação em “V”, muito apreciadas pelos colecionadores. Suas variedades dão origem a diversas gemas, tais como a “crisólita” ou crisoberilo amarelo-ouro; a alexandrita, cuja cor varia de verde a vermelho conforme a iluminação seja natural ou de lâmpada incandescente, e a cimofana, que apresenta um característico efeito ótico denominado “olho de gato”.