VOLTAR

MINERAIS E PEDRAS PRECIOSAS DO BRASIL
CARLOS CORNEJO

 ÍDOLO DE IGUAPE

O enigmático “Ídolo de Iguape”, esculpido em basalto (99 x 78 mm). Sua descoberta, em 1906, foi primeiro noticiada pelo naturalista Ricardo Krone (1862-1917), no Sambaqui do Morro Grande, nas proximidades do Rio Comprido, na atual Reserva Ecológica da Jureia, perto de Iguape, no litoral sul de São Paulo. Desde o começo sua feição atípica despertou grande interesse nos meios científicos. Acervo do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo. Fotografia de Marcelo Lerner.